Bibliotecas podem sofrer com furtos: soluções para proteger seu acervo

Prevenção a perdas é um assunto que pode passar despercebido, mas é muito importante para quem administra bibliotecas. O acervo de livros e material audiovisual, por vezes, conta com itens valiosos e únicos e protegê-los pode se tornar uma tarefa extenuante quando as ferramentas certas não são utilizadas.

Conheça algumas soluções da Mauser Security – uma das principais companhias brasileiras em prevenção a perdas e aumento de lucratividade – que podem reduzir furtos e danos em bibliotecas:

 

Sistema antifurto Biblioguard 1800

O sistema completo foi desenvolvido com foco especialmente para a utilização em bibliotecas. Ele é composto por Desativador/Reativador de Etiquetas, Antenas Antifurto e diferentes modelos de Etiquetas para livros, CDs, DVDs e outros materiais. Seu diferencial é que o sistema permite a ativação e desativação das Etiquetas Antifurto na realização de empréstimos e devoluções de livros e é operante na tecnologia Eletromagnética, a mais indicada para bibliotecas e compatível com os sistemas de mesma frequência disponíveis no mercado.

 

Circuitos fechados de TV

Os equipamentos digitais Mauser Security geram imagens com ótima definição, inclusive com visão noturna. As imagens gravadas podem ser visualizadas no próprio local de instalação ou remotamente, via internet. A ampla gama de produtos faz do CFTV um grande instrumento de vigilância no processo de prevenção de perdas em bibliotecas.

 

Contadores de fluxo

Os contadores de fluxo são ferramentas com ótimo custo-benefício, fácil de serem instaladas e que geram dados cruciais para administração de bibliotecas. Com esses equipamentos, é possível saber quais os horários e dias da semana com maior pico de visitantes, assim como as seções mais requisitadas. Dados valiosos como esses, ajudam a entender e organizar melhor o local e permitem que se direcione melhor a segurança dentro do local, evitando furtos e danos de modo mais assertivo, por exemplo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *